Política

Ministro e parlamantares debatem 4 escolas cívico-militares em Mato Grosso

O ministro da Educação Abraham Weintraub, se reuniu com a senadora Selma Arruda (Podemos) e o deputado Neri Geller (PP), coordenador da bancada federal de Mato Grosso, para tratar do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim) bem como os critérios para a escolha das escolas que serão abrangidas pelo projeto no Estado. Serão implementadas, pelo menos, quatro escolas militares no Estado.  A ideia inicial é que serão instaladas em locais de fronteira, como na região Oeste, e em regiões que apresentem baixo índice de desenvolvimento humano (IDH).

Posteriormente, a bancada de Mato Grosso definirá com o governador Mauro Mendes a indicação das instituições que serão contempladas pelo programa. Cabe aos Estados indicarem ao governo federal os municípios e escolas onde o programa será implantado.

O plano do governo Bolsonaro é a implementação de 216 colégios até 2023 – 54 por ano, a começar ano que vem. As escolas terão modelo didático-pedagógica com atividades de supervisão escolar e psicopedagogia para melhorar o processo de ensino-aprendizagem preservando as atribuições exclusivas dos docentes; educacional: pretende fortalecer os valores humanos, éticos e morais bem como incentivar a formação integral como cidadão e promover a sensação de pertencimento no ambiente escolar; administrativa: para aprimorar a infraestrutura e a organização da escola para aprimorar a utilização de recursos disponíveis na unidade escolar.

 

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)