Política

Dirigentes deixam PSL Sinop por ‘incompatibilidade de pensamentos’

O presidente do diretório municipal do Partido Social Liberal (PSL) em Sinop, Emerson Antoniolli, e integrantes da executiva deixaram o comando da sigla. O pedido foi concretizado através de requerimento encaminhado ao presidente estadual do partido, Aécio Guerino de Souza Rodrigues.

Além de Antoniolli, Ediel Ramos deixa a vice-presidência, Marcelo Tashim a secretaria geral, Aline Manfrin Benatti a primeira-secretaria e Rodolfo de Mello era tesoureiro, Nilson Lopes Ribeiro, primeiro-tesoureiro, e Zigfried Kirch e Zenaide Manfrim eram vogais.

O requerimento, segundo Antoniolli, se deu por incompatibilidade de pensamentos políticos. “O PSL não se alinha mais ao presidente Bolsonaro, e nossa ideologia é outra. Estamos buscando outros caminhos, somos coordenadores do Aliança pelo Brasil e estamos ajudando a criar”, destacou, ao Só Notícias.

Segundo o ex-presidente “quando tudo estiver pronto, nos conformes, vamos para o Aliança”. Enquanto isso, vamos buscar outros partidos, estamos analisando qual vamos assumir e definiremos nos próximos dias”, acrescentou.

Ainda não há definição de quem deve assumir o partido Sinop.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo - atualizada 11:50h)