Política

Médicos retiram traqueostomia e deputado de MT infectado com a covid pode deixar a UTI esta semana

O deputado estadual Valdir Barranco (PT), diagnosticado com a covid-19, está perto de ganhar alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital em São Paulo (SP). Segundo a assessoria, a equipe médica reduziu hoje o uso do oxigênio, por meio de traqueostomia. 

Conforme o comunicado, o procedimento tinha sido adotado para facilitar a recuperação respiratória do parlamentar após a extubação. Agora, será necessário aguardar aproximadamente 48 horas para avaliar a resposta e, em caso positivo, Valdir Barranco poderá deixar a UTI, onde está internado há mais de um mês. 

“Seu quadro clínico segue evoluindo muito bem: dorme melhor – com menos incômodo durante a noite – e se nutre com alimentação pastosa, essencial para a sua recuperação. A evolução do tratamento confirma que a força, a fé e a esperança de tantos amigos,  aliadas à dedicação e competência da equipe de profissionais da saúde, asseguram sua reabilitação plena e seu retorno para casa, perto da família e dos amigos”, informou a assessoria.

Na semana passada, Barranco passou por novos exames que apontaram “maior controle da infecção e melhora nos pulmões”. Há cerca de 20 dias, a equipe médica retirou a sedação e a intubação do deputado estadual. A assessoria informou que, naquele dia, o parlamentar acordou bem e conversou com a equipe. 

Diagnosticado com a covid-19, o petista está internado há mais de 50 dias.  Apenas na UTI, Barranco já está internado há mais de 35 dias.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: assessoria)