Política

MBL marca data de implantação em Sinop e Kim Kataguiri mobiliza simpatizantes

O Movimento Brasil Livre (MBL) que se notabilizou pela organização dos protestos em apoio ao impeachment da ex-presidente Dilma Roussef (PT) e que depois revelou nomes da direita liberal para a política em vários estados, está se organizando em Sinop também. Segundo o vereador Adenilson Rocha (PSDB), que organiza a implantação no município, o lançamento será no dia 15, às 19h30, no auditório do Sindusmad.

O MBL é uma organização não governamental que defende o liberalismo político e que foi fundado em novembro de 2014, quando começou a crescer nas redes sociais. Atualmente mantém um site, mas não expõe qual é a sua função nem quem são os diretores. No entanto, apresenta um documento de sete páginas com as propostas para educação, saúde, sustentabilidade, reforma política, economia, justiça e transporte e urbanismo.

Um dos líderes do movimento é o atual deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), que, apesar de não estar presente no lançamento, fez um convite pelas redes sociais. “Pessoal de Sinop, é o seguinte: dia 15 de agosto vai ter o lançamento do MBL em Sinop. Você vai poder participar e utilizar o MBL como instrumento para fazer política, pressionar parlamentares e mudar a realidade da sua cidade”.

Em Mato Grosso a liderança do MBL tem como representante o deputado estadual Ulysses Moraes (DC), que se elegeu em cima da plataforma do movimento. A aproximação do deputado com o vereador Adenilson Rocha é que viabilizou a implantação em Sinop.

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: Vinicius Loures/Agência Câmara)