Política

Mauro se reúne com dirigentes para definir diretrizes do desenvolvimento tecnológico e científico no Estado

O governador Mauro Mendes se reuniu com dirigentes de instituições de ensino e pesquisa para estabelecer diretrizes e metodologias de investimentos no setor de ciência e tecnologia para esse ano. No encontro, foi feita ainda a avaliação de algumas ações, programas e projetos desenvolvidos no ano passado.

“Nenhum país ou região do mundo avançou sem investir em pesquisa, em ciência, em educação. E por isso, nós estamos investindo para que as pesquisas desenvolvidas aqui sejam vocacionadas, que tenham finalidade prática para a sociedade”, ressaltou o governador, através da assessoria.

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso, Marcos de Sá Fernandes da Silva, destacou que o encontro como o ocorrido ontem é realizado regularmente, de modo gerencial, para priorizar as ações conjuntas de todos os parceiros envolvidos no desenvolvimento científico e tecnológico do Estado.

“O governador é nossa principal liderança de motivação para a gestão de nossas ações e atividades. Ele reforçou que a ciência e a pesquisa no Estado devem auxiliar na resolução dos problemas enfrentados pela sociedade, seja na forma de um produto ou um serviço”, disse o presidente da Fapemat após a reunião.

As ações da fundação no ano passado contemplaram a execução financeira recorde no fomento a pesquisas e inovação nas empresas, com total de R$ 18,346 milhões. Nos últimos três anos, o total aplicado mais de R$ 39,2 milhões.

Participaram também da reunião, além do presidente da fundação, o reitor da UFMT, professor Evandro Soares da Silva, reitor do IFMT, Júlio César dos Santos, professora Laila Natasha Santos Brandão (IFMT), professor Silvio Moisés Negri, da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), professor Francisco Lledo, da Universidade do Estado de Mato Grosso e Lucas Oliveira de Souza, do Núcleo de Relações Internacionais do Estado e o diretor Técnico Científico da Fapemat, professor Flávio Teles.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)