Política

Retomada da abertura do comércio em Guarantã do Norte deve ser gradativa, diz prefeito

O prefeito de Gurantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), Erico Stevan Gonçalves confirmou, em entrevista, ao Só Notícias, que continuará mantendo as restrições da circulação de pessoas nas ruas e abertura de uma parte expressiva do comércio, seguindo o decreto do governador Mauro Mendes (DEM). No entanto, adiantou que será elaborado plano de contingenciamento para que as empresas voltem ao funcionamento normal gradativamente, mas com fiscalização.

“Estou seguindo os decretos do Estado já que não temos nenhum caso confirmado. Ficam algumas empresas como bares, restaurantes e igrejas proibidas. Deve abrir parcial o comércio com um plano de contingenciamento com fiscalização”, disse o gestor municipal.

Gonçalves disse ainda que o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, na última terça-feira, foi drástico ao defender a necessidade das empresas não pararem neste momento. “Particularmente achei que foi muito drástica da forma que foi colocada. Primeiro era para ficar em casa. Depois tinha que voltar a trabalhar. Acredito que ser estudado e com número e não da forma que foi feita. Tem que ser com planejamento e gradativamente. Até porque, precisamos gerar empregos e rendas. Discordo do posicionamento do presidente da forma que foi feito”.

De acordo com o boletim de ontem à tarde, da secretária do Estado de Saúde, em Guarantã do Norte estão sendo investigados 4 casos suspeitos. Foram confirmados 9 casos do novo Coronavírus (Covid-19), em Mato Grosso.

 

Redação Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)