Política

Juiz indefere mais cinco candidaturas a vereador em Sinop e número sobe para 11

O juiz da 22ª Zona Eleitoral, que cobre Sinop, Mário Machado, indeferiu mais cinco candidaturas a vereador e agora o número de pedidos negados subiu para 11. Como cabe recurso, as candidaturas estão mantidas no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso. Embora tenha até o dia 26 para terminar a análise dos pedidos de candidatura, o magistrado praticamente terminou os trabalhos, restando apenas um registro para ser julgado.

As novas candidaturas barradas em primeira instância são da Professora Graciele e Carlinhos Mato Grosso, os dois do PT, de Diogo Saga e Doutor Sílvio da Farmácia, ambos do PSL, e do ex-vereador Negão do Semáforo, do Podemos. De acordo com Machado, os concorrentes não apresentaram documentação suficiente para aprovação das candidaturas.

Conforme Só Notícias informou, antes deles a “ausência de requisito de registro” já havia punido Rosângela Souza (PT), Ivo Paris (PT), Carlos Chapa (Patriota), Gislaine Araújo (PDT) e Nathalia Gomes (PROS). Alguns já apresentaram recurso e tentam reverter a decisão em segunda instância. Também não conseguiu registro para disputar vaga na câmara o ex-diretor do extinto Serviço de Águas e Esgoto de Sinop e ex-presidente da Agência de Regulação (Ager), Juventino Silva (PSB). Todos podem recorrer da decisão para tentar disputar o pleito.

Para a prefeitura, conforme Só Notícias também informou, todos as candidaturas foram aprovadas.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: Só Notícias/Guilherme Araujo/arquivo)