Política

Juiz determina prisão de vereador no Nortão acusado de tentativa de homicídio no Maranhão

O juiz da 4ª  Vara Criminal de São Luiz (MA), José de Ribamar Goulart Heluy Júnior, determinou a prisão preventiva do vereador em Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop) Alexandre Rodrigo Ribeiro Vieira (PSC), que é acusado de tentar matar Marcelo dias Câmara, com golpes de faca, no dia 30 de agosto de 2000. Os policiais tentaram cumprir o mandado, ontem, mas o parlamentar não foi encontrado.

Consta no inquérito policial, que o crime ocorreu em uma parada de ônibus do campus da Universidade Federal do Maranhão. Dois dias antes, alguns colegas passaram a provocar Alexandre em uma praça. No dia do fato, quando Marcelo desceu do ônibus foi surpreendido pelo acusado, que na época tinha 20 anos. Houve a intervenção de um homem que, ao ouvir os gritos, conseguiu socorrer a vítima imediatamente.

Consta ainda no processo que justiça descobriu, em setembro de 2014, através do sistema de Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que o acusado possui cadastro junto ao órgão com endereço situado em Guarantã do Norte. Por isso, o juiz encaminhou mandado de prisão preventiva através da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão e à comarca em Mato Grosso. “Com base no novo endereço encontrado, constando no referido mandado a data de validade de acordo com a resolução do Conselho Nacional de Justiça, conforme espelho de consulta ao porta portal, a fim de calcular a provável data da prescrição da pretensão punitiva do Estado”.

Outro lado
Em nota, o advogado do vereador informou que a notícia foi recebida de forma inesperada pela população de Guarantã do Norte, e pelo parlamentar. Segundo a defesa de Alexandre, a prisão foi decretada em 2005, unicamente porque ele não compareceu no processo, mas, no entanto, o vereador nunca foi intimado, bem como nunca se escondeu de qualquer chamamento processual. “Afirmamos, desta forma, que Alexandre nunca foi condenado, e está tomando todas providências para solucionar o ocorrido o mais breve possível”.

(Atualizada às 16:59h)