Política

Judiciário de Mato Grosso está entre mais eficientes, aponta STF

O Poder Judiciário de Mato Grosso está entre os melhores do Brasil em pesquisa feita pelo Supremo Tribunal Federal. Avaliado na ‘taxa de congestionamento’ – índice que mede a eficiência de cada sistema judiciário- , Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Sergipe, Tocantins e Amapá estão entre os cinco melhores. O levantamento, publicado na edição desta semana da Revista Veja, é baseado no número de sentenças emitidas pelo Judiciário de cada estado e divide-se pela soma de outros três ítens – o número de casos novos anuais, a quantidade de processos em execução e a totalidade dos casos de julgamento pendentes. Com essa conta pode-se avaliar a capacidade de um sistema judiciário para resolver suas principais demandas.

No levantamento do STF os cinco estados onde a eficiência é menor são: Ceará, São paulo, Amazonas, Pará e Rio de Janeiro.

O Poder Judiciário de Mato Grosso também está entre os cinco maiores em quantidade de funcionários e a reportagem compara dizendo que a média é de 112 servidores por grupo de 100 mil habitantes, sendo “altíssima se comparado com índices de outros países”. Mato Grsoo tem média de 160 servidores no Judiciário para cada 100 mil habitantes.