Geral

600 famílias se inscreveram para o programa habitacional em Sinop

O diretor Municipal de Habitação de Sinop, Emerson Reis de Matos, confirmou que cerca de 600 pessoas se inscreveram no programa Casa da Gente. Os pedidos foram encaminhadas para a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura aguarda a resposta de quais serão as 153 famílias contempladas com as casas, que serão construídas no bairro Jardim Celeste, onde 97 estão em fase de acabamento, correspondente ao programa habitacional de 2004.

“Agora só falta a CEF analisar e nos passar o resultado. Se o número de aprovados for maior que 153 iremos fazer uma seleção e as famílias que restarem entrarão no próximo programa. Se o número for menor abriremos uma nova etapa de inscrições para fechar esse programa”, salientou.

No programa de 2004 a Caixa Econômica Federal investiu R$ 7 mil por unidade, o Governo Estadual, R$ 5,5 mil e a Prefeitura de Sinop, entrou com o terreno, rede de energia elétrica e água tratada, mão-de-obra e asfalto.

Este é o primeiro programa de casas populares deste ano e foi destinado para famílias com renda entre R$ 600 e R$ 1,5 mil, com a parceria da Caixa e da Prefeitura. “Nós não sabemos o valor dessas casas ainda, pois a equipe de engenharia da Caixa não nos passou e este programa não tem a participação do Governo do Estado”, completou. O próximo deverá ser lançado no mês de junho ou julho. Serão 130 casas, construídas no bairro Parque das Araras, para famílias com renda variada entre R$ 300 e R$ 900. O convênio firmado entre o prefeito Nilson Leitão e a superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal foi de 530 casas.

Além da renda específica, era exigido as pessoas cadastradas que morassem em Sinop há, no mínimo 3 anos; não possuíssem imóvel próprio; fossem eleitores em Sinop e não tivessem restrições financeiras junto a Caixa Econômica e Serasa. Os contemplados terão os imóveis financiados num prazo de 20 anos.