Política

Governo habilita prefeitura para construção de mil casas populares em Sorriso

A prefeitura de Sorriso recebeu aval do governo do Estado para o projeto habitacional que busca a construção de mais de mil residências populares no município. A administração municipal foi comunicada de que o projeto atendeu a todos os critérios estabelecidos. 

Agora, segundo o secretário municipal da Cidade, Ednilson Oliveira, o próximo passo será “a elaboração e aprovação de projetos, abrir chamamento público para selecionar empresa que ficará responsável pelas obras, definição do local onde será o conjunto habitacional, dentre outras ações de parte técnica”, salientou.

Em seguida, o município e a empresa contratada deverão apresentar os projetos junto à Caixa Econômica Federal para análise de viabilidade, em atendimento às exigências do Programa do Governo Federal, Casa Verde e Amarela. “O objetivo da gestão municipal é construir mais de mil casas, ou seja, vamos nos esforçar para contribuir com a realização do sonho da casa própria de mais de mil famílias sorrisenses”, destacou o secretário de Governo, Hilton Polesello.

Para o prefeito Ari Lafin (PSDB), o avanço é resultado da visita que fez no início do ano na sede da MT-Participações e Projetos (MT-PAR), em Cuiabá, onde se reuniu com o presidente da estatal, Wener Santos, solicitando a inclusão de Sorriso no projeto habitacional.

“Com esse programa, estaremos facilitando o acesso de muitas famílias à moradia digna, realizando o sonho da casa própria. Além disso, incentivaremos a geração de emprego e renda, apoiando o ramo da construção civil e mobilizando mão-de-obra e uso de insumos locais”, afirmou o prefeito de Sorriso, Ari Lafin.

Por enquanto nenhum cadastro está sendo realizado, como explica o coordenador do departamento de Habitação, Toco Baggio. “Assim que abrirmos o período de inscrições, será amplamente divulgado na imprensa, mas por enquanto as pessoas podem ficar tranquilas que não estamos realizando nenhum tipo de cadastramento”, finalizou.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)