Política

Governo do Estado muda normas do regime de trabalho dos servidores durante a pandemia

O governo estadual informou, há pouco, que atualizou as normas para o regime de trabalho dos servidores públicos estaduais durante o período da pandemia, a partir da próxima segunda-feira (17). O revezamento está mantido mas passará a ser semanal e não mais diário. Os que atuam em regime de revezamento passam a trabalhar duas semanas de forma presencial e uma em teletrabalho, “mediante escala de revezamento a ser estabelecida pela chefia imediata”.

As duas semanas de trabalho presencial não necessariamente precisam ser consecutivas, podendo ser intercaladas conforme a organização definida pela secretaria.

O horário de expediente continuará o mesmo já definido em decretos anteriores: das 7h30 às 13h30. Os servidores que se enquadram no grupo de risco também continuam a atuar em regime exclusivo de teletrabalho, assim como aqueles “que tenham tido contato direto com casos confirmados de Coronavírus, pelo prazo prescrito por médico, exceto quando preferencialmente submetido a teste, seu resultado for negativo’.

O novo decreto ainda revogou a determinação anterior, que previa que os servidores lotados em municípios com classificação de risco muito alta deveriam atuar apenas por teletrabalho, informa a secretaria adjunta de Comunicação.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)