Política

Governador lança programa para neutralização de emissões de gases de efeito estufa em Mato Grosso; assista

O governador Mauro Mendes (DEM) e a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, lançaram, há pouco, o programa Carbono Neutro Mato Grosso, que propõe a neutralização de emissões de gases de efeito estufa por meio de medidas ambientais.

“Esse é um Estado que produz muito e protege 62% das suas aéreas ambientais. Isso digno de reconhecimento. Preservar o meio ambiente é um caminho seguro paro o futuro. Se queremos fazer, temos que começar e com responsabilidade. É possível fazer por tudo que já temos desenvolvido. Já existem inúmeras ações que estão sedo trabalhadas em Mato Grosso. Precisamos é acelerar. Os setores produtivos em todas as áreas têm esse comprometimento com as causas ambientais. Os maus exemplos têm no mundo inteiro. Talvez esse seja o nosso grande esforço. Mostrar o que somos. O órgão ambiental em Mato Grosso é um dos poucos desse país com capacidade tecnológica em identificar e multar crimes ambienteis”, afirmou Mendes.

Com a ação, o Mato Grosso dá um importante passo para colaborar com as metas globais de redução do efeito estufa, aderindo à Coalizão Under2 e à campanha “Race to Zero”, criada pelas Nações Unidas. Uma das medidas centrais na trajetória de descarbonização é que Mato Grosso já se destaca entre as unidades federativas da Amazônia Legal, é a eliminação do desmatamento ilegal até 2030.

“Nosso objeto é carbono neutro até 2035 com uma capacidade de produção inigualável. Com meta voluntária de 90% até 2030 e 100% até 2035. Isso mostrará nosso compromisso e do setor produtivo para o mundo. Essa estratégia faz parte da programação do governo de Mato Grosso. Isso começou com um estudo em 2019. Esse estudo nos leva ao programa de hoje. Mato Grosso já preservar 62% do seu território. Isso é a soma de três países. Falar para o mundo que preservamos e precisamos receber pelo serviço de preservação. Combatemos o desmatamento. Reduzimos e 20,5%, além disso, temos o manejo florestal sustentável. Mato Grosso tem mais de 260 hectares de reflorestamento comercias”, destacou Lazzaretti durante apresentação do programa.

O presidente daFederação das Indústrias do Estado de Mato Grosso, Gustavo de Oliveira destacou que a “a iniciativa já esta fazendo barulho. Já tem estados querendo conhecer o nosso programa em Mato Grosso. Trabalharemos muito para garantir essas metas e até superá-la. Isso gerará muitos frutos ao nosso Estado”.




Redação Só Notícias (foto: Mayke Toscano/assessoria) - atualizada às 10h34)