Política

Governador autoriza atividades religiosas presenciais em igrejas no período da Páscoa

O governador Mauro Mendes autorizou, de forma excepcional, a prática de atividades religiosas em igrejas, templos e congêneres neste sábado e no domingo Páscoa. Mauro explicou que os templos poderão funcionar até às 20h, desde que respeitem o limite de até 30% da capacidade máxima do local, “distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas e o uso de máscara de proteção facial”. A decisão de celebrações presenciais fica a critério de cada igreja.

O decreto com a permissão foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, e levou em consideração a Semana Santa, que celebra a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus. O ciclo dessa tradição encerra  domingo, quando é celebrada a ressurreição de Jesus Cristo.

A decisão foi tomada pelo governador após receber pedidos da primeira-dama Virginia Mendes, de deputados e de líderes religiosos que ressaltaram a importância dessas datas. “As atividades religiosas já foram reconhecidas como essenciais à população, até pelas dificuldades que todos nós passamos por conta da pandemia. Para milhares de mato-grossenses, a fé em Deus é um alicerce fundamental para seguir em frente e poder superar esse momento difícil”, afirmou o governador.

Nesta quarta-feira, conforme Só Notícias já informou, o governador sancionou a lei que reconhece a atividade religiosa como essencial para a população. A lei estabelece que “ficam reconhecidas, no Estado, as atividades religiosas realizadas em seus respectivos templos e fora deles, como atividade essencial a ser mantida em tempos de crises oriundas de moléstias contagiosas ou catástrofes naturais”.

As igrejas deverão, conforme fixou a lei, observar as recomendações expedidas em cada caso pela secretaria de Estado de Saúde.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)