Política

Exército atuará nos locais de difícil acesso durante Eleição Suplementar para o Senado

O Exército Brasileiro e representantes do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso começaram a fazer o mapeamento dos pontos de ação durante o pleito para eleição suplementar aos Senado, que ocorrerá no dia 26 de abril. Ao todo, cerca de 2,2 milhões de eleitores estão habilitados para votar nos 141 municípios mato-grossenses.

De acordo com a assessoria do TRE, apresentação do plano de trabalho está previsto para ocorrer ainda está semana. “A contribuição e parceria da Justiça Eleitoral com o Exército Brasileiro sempre é muito satisfatória. São os soldados que atuam nos locais de difícil acesso,  absorvendo com maestria essa necessidade da democracia. Muitas vezes utilizam transporte aérea, aquático, ou mesmo terrestre em trilhas para chegar a cada eleitor do Estado. É um trabalho indispensável para o Tribunal”, destacou o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), Lídio Modesto.

Para o coronel da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, Renato Rodgers, a reunião foi uma oportunidade para apresentar como o exército irá atuar. “Existe uma linha que norteia nossas ações durante a eleição, onde vamos atuar nos locais mais remotos do Estado. O TRE já levantou algumas áreas que precisam do nosso apoio, e agora vamos verificar as tropas necessárias para isso. Queremos sempre que a eleição aconteça da melhor forma possível”.

As informações são da assessoria.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)