Geral Política

Ex-presidente da câmara em Guarantã do Norte morre em decorrência do Covid

O ex-presidente da câmara de vereadores de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop) e empresário no ramo de hotelaria, Augusto Rodrigues de Oliveira, de 67 anos, morreu, ontem à noite, em decorrência do Covid. Ele estava internado em Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Regional de Peixoto de Azevedo.

Irmão Augusto, como era conhecido no município, é natural de Assis, em São Paulo, e chegou em Guarantã do Norte em meados de 1980, e iniciou atividades no ramo de sapataria.

Já na década de 90 iniciou a trajetória na vida política e foi vereador pela primeira vez no mandato 1993/1996, se reelegendo duas vezes consecutivas (1997/2000 e 2001/2004). Ainda ocupou a mesa diretora entre 97/98 e 2001/2002 como primeiro secretário e de 2003/2004 foi presidente.

Em nota, a câmara de vereadores detalhou que há cerca de 20 dias Augusto contraiu Covid e há 11 dias foi internado em UTI. “Infelizmente, mesmo com todos os esforços médicos ele não resistiu e no início da noite deste domingo Augusto veio a óbito”, pontuou.

O prefeito Érico Stevan Gonçalves também lamentou o falecimento e decretou luto oficial. “Nosso carinho e os mais sinceros votos de pesar a todos os familiares e amigos. Augusto teve uma participação importante na história desse município”, disse através da assessoria.

O gestor também ponderou que ele “deu sua contribuição como empresário, como vereador e presidente da câmara municipal de vereadores. Manifesto o reconhecimento e os nossos agradecimentos a este pioneiro que parte para a eternidade. Desejo que Deus dê e ele um bom lugar e conforte o coração dos familiares neste momento de dor e saudades”, completou.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)