Política

Dorner articula criação da Região Metropolitana Norte de MT com Sinop sendo sede  

O evento articulado pelo prefeito Roberto Dorner (Republicanos) será amanhã, a partir das 14h, no centro de eventos Dante de Oliveira, e visa dar os primeiros passos para a criação da Região Metropolitana Norte de Mato Grosso, que teria sede em Sinop. Mais de 15 prefeitos da região, além de senadores, deputados, secretários de Estado e vereadores devem participar dos debates.

Ao Só Notícias, Dorner apontou que o executivo entende que Sinop já é uma área metropolitana, uma vez que é polo em saúde, educação e outros setores, para cidades do Nortão e até do Sul do Pará. Agora, o objetivo é que outras autoridades políticas também enxerguem o município com os mesmos olhos.

“Não é só Sinop que tem que ser beneficiada, tem que ser todos os municípios da região, onde eles vem se abastecer, procurar saúde, ou qualquer coisa. Tivemos a ideia de convidar outras lideranças para iniciar os trabalhos, e declarar Sinop como uma zona metropolitana, assim como é Cuiabá. Sinop seria a sede e os outros municípios contemplados conosco nesse projeto”, destacou.

Para o prefeito, a região metropolitana daria mais força e união para reivindicações necessárias. “Vamos ser respeitados como uma zona metropolitana, não só Sinop, mas todos os municípios. Quando formos buscar alguma coisa, será para todos nós. Se o governo quiser instalar, por exemplo, um hospital, será na região metropolitana, independente da cidade. Todos terão direito de chegar e usar”, ponderou.

Ainda de acordo com Dorner, futuramente, após a criação efetiva, uma praça deve ser escolhida. Nesse local, haverá bandeiras dos municípios integrantes, além de placas, evidenciando a base econômica de cada um. Isso, na visão do prefeito, auxiliaria os empresários que buscam investir na região. “Assim, quem vem à Sinop, pode ver o potencial de cada cidade vizinha e se instalar onde achar melhor”, emendou.

O gestor ainda ponderou que amanhã começará ser dado ‘corpo’ ao planejamento. Em seguida, será necessário articulação na Assembleia Legislativa para aprovação de um projeto de lei. O próximo passo, caso haja aprovação, seria a sanção por parte do governo do Estado.

“Começamos amanhã esse trabalho. Já falei com o governador, por ele não tem problema, e depois vamos trabalhar junto na assembleia legislativa para que aprove esse projeto”. “O Sul do Pará não pode participar, mas vem se abastecer aqui. Falamos ontem com o vice-prefeito de Novo Progresso também, e disse que vai estar junto, nessa mesma empreitada, para que isso possa acontecer”, reforçou.

Já a secretária municipal de Governo e Projetos Estratégicos, Faira Strapazzon, reforçou o convite às autoridades políticas da região, e ponderou que, apesar da administração de Sinop estar ‘levantando a bandeira’, o encontro será em prol do desenvolvimento de todo o Norte de Mato Grosso.

“Poder trazer a região metropolitana para o Norte do Estado é extremamente significativo, uma vez que vamos ter a oportunidade de estar buscando, lutando, e reivindicando por políticas que atendem toda uma região. A zona metropolitana nada mais é do que unir forças em prol do desenvolvimento comum dessas políticas públicas”, completou.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)