Política

Deputado Pedro Henry depõe na comisão de ética sobre denúncias do mensalão

O deputado mato-grossense Pedro Henry (foto) depôs ontem na Comissão de Ética da Cãmara dos Deputados sobre as acusações do deputado Roberto Jefferson, presidente do PTB, que estaria recebendo o mensalão (repasse mensal de R$ 30 mil que teriam sido feitos pelo PT para deputados da base aliada). O conteúdo do depoimento do deputado mato-grossense não foi informado. Além de Henry, também depôs o atual líder do partido, deputado José Janene (PR).

Para o presidente da comissão de sindicância e corregedor da Câmara, deputado Ciro Nogueira (PP-PI), ainda é cedo para fazer qualquer tipo de comentário sobre os depoimentos já prestados. Ao todo, a comissão vai ouvir 41 pessoas, sendo 13 parlamentares.

Agora há pouco terminou o depoimento do presidente do PP, deputado Pedro Corrêa (PE), na reunião reservada da comissão de sindicância que apura denúncia de quebra de decoro parlamentar pelo deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ).
Em entrevista à saída da reunião, Corrêa disse ter negado na comissão a denúncia feita por Jefferson de que ele estaria envolvido com o pagamento de mesada a parlamentares. “Nunca ouviu falar em mensalão”, garantiu.
Corrêa disse ainda que colocou à disposição os dados dos últimos cinco anos dos seus sigilos bancário, fiscal e telefônico, da sua esposa e da sua mãe. Além disso, apresentou as prestações de contas referentes às suas três últimas campanhas eleitorais. Os documentos foram entregues em dez caixas levadas pelo deputado à comissão, informa a Agência Câmara.