Política

Definida construção de mais 2 trevos de acesso a BR-163 em Sorriso

O prefeito de Sorriso, Dilceu Rossato, o prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz, a senadora Serys Marly, o presidente da Câmara de Sorriso, Santinho Salerno e alguns vereadores reuniram-se, no final de semana, com diretores e técnicos do DNIT – Departamento Nacional de Infra-Estrutura Terrestre em Mato Grosso.

Os prefeitos solicitaram da senadora que agilize emendas de recursos para as travessias da BR-163 e obras de drenagem nas perimetrais, problemas comuns aos dois municípios. De acordo com o presidente da Câmara Santinho Salerno, a senadora ouviu as reivindicações e se comprometeu de colocar no orçamento e dar uma resposta posteriormente.

Sorriso já tem um projeto aprovado em 2001, para construção de um trevo grande, com viaduto, na entrada da cidade, na avenida Natalino João Brescansin. O projeto estava “engavetado por incompetência do DNIT”, segundo palavras da senadora.

“Esse trevo tem um custo de aproximadamente R$3 milhões. As obras de drenagem nas perimetrais, que são necessárias porque na época das chuvas as águas não tem por onde correr, custarão mais cerca de R$2,5 milhões. Estamos pleiteando os recursos federais para executar essas obras”, explicou Salerno.

Outra definição ontem, com o representante do DNIT, foi a construção de dois novos acessos à BR-163, interligando os bairros Industrial, São Domingos, São Matheus, Fraternidade, Boa Esperança, Vila Bela e Novos Campos, ao centro da cidade.

Um dos acessos será na altura do Posto Xodó e o outro na frente do Hotel Daroit. Esses dois acessos custarão aproximadamente R$150 mil e serão construídos com recursos municipais, com apoio de empresários. Salerno acredita que as obras devem começar em breve.