Política

Consulado boliviano pode sair de Cuiabá e ir para Cáceres

Lideranças bolivianas sinalizam a intenção de transferir o Consulado do país de Cuiabá para Cáceres. Em um discurso pela maior aproximação e retirada de entraves que dificultam o simples ir e vir de bolivianos em território brasileiro, o presidente do comitê cívico provincial da Chiquitania (região de fronteira do lado boliviano), Ricardo Crespo, disse que a instituição que dirige vai propor a troca ao governo central da Bolívia.

“Vamos reclamar ao presidente do meu país para que se transfira o consulado da Bolívia para Cáceres. Estou proibido de falar com o cônsul e integrar a porta de entrada entre o Brasil e a Bolívia, em Cáceres e San Matias”, lamenta, sobre o impedimento que tem de sair da cidade para vir até Cuiabá, devido a questões de documentação ou falta de passaporte. “Estamos impedidos por um órgão de vir além de Corixa”, aponta o marco físico do destacamento militar na divisa entre os dois países, distante 81 Km de Cáceres. A fala foi dirigida aos secretários de Infra-Estrutura, Luiz Antônio Pagot, e de Projetos Estratégicos, Cloves Vettorato.

Crespo, que tem acompanhado as últimas ações de integração do atual Governo e de outros governantes, apresentou um depoimento sobre os avanços obtidos na política de aproximação brasileiro-boliviana em dois meses e meio. Com representatividade, uma vez que fala em nome de 15 municípios da fronteira da Bolívia com Mato Grosso, creditou os ganhos à ação do governador Blairo Maggi.

“Necessitamos da compreensão humana. Temos irmãos, parecemos três países diferentes em um só lugar, numa geografia caprichosa. Mas temos superado isso, graças ao governador de Mato Grosso, que está rompendo a burocracia para interligar nossos países”, descreveu, sobre a ousadia do Governo para transpor obstáculos das intempéries do calor, neve, etnia da Bolívia e a falta de infra-estrutura mínima nas práticas mais simples da vida cotidiana.

“Há 30 anos que participo da busca de integração entre meu país e Mato Grosso e não havia visto nada na realidade. Hoje tem 59 dias que o senhor governador Blairo Maggi passou por San Matias e já vemos resultados. Como a abertura da BR-070 para nós e o tratamento de saúde a meus irmãos em Cáceres”, disse ao agradecer o governador Blairo Maggi e o prefeito de Cáceres, Ricardo Henry, pela acolhida que o Sistema Unificado de Saúde (SUS) tem feito aos bolivianos. Durante a Expedição Internacional – Estradeiro IV, em fevereiro, o governador decidiu pelo atendimento