Política

Botelho cogita tentar reeleição na presidência da Assembleia; mais 3 articulam

Poucos dias após o resultado das eleições, os deputados estaduais já começam a se movimentar e articular para disputar a presidência da Assembleia Legislativa. O atual presidente, Eduardo Botelho (DEM), já disse que se tiver chance, vai tentar a reeleição. Deputados reeleitos, como Janaína Riva (MDB), Nininho (PSD) e Guilherme Maluf, também se movimentam neste sentido.

Botelho declarou que antes de lançar candidatura precisa conhecer os novos deputados, já que dos 24 parlamentares, apenas 10 se reelegeram e a renovação de quase 60% dificulta um prognóstico antecipado de como os parlamentares devem agir na eleição do dia 1 de fevereiro do ano que vem.

“É um período muito longo [de discussões]. A eleição é dia 1 de fevereiro e nós temos ainda quase quatro meses até lá, então, é um período de conhecer os parceiros, conhecer as pessoas, conversar e depois ver se há essa possibilidade. Eu sei o que os o que os [deputados] que estão aqui pensam de mim, mas não sei o que os que estão lá foram pensam de mim. Se eu vir que existe uma sinalização positiva, evidentemente eu vou me candidatar, senão vamos encontrar outro nome sem problema nenhum”, declarou.

Janaína Riva, que teve 51.546 votos e foi a mais vem posicionada entre os eleitos, também não descarta uma candidatura. Contra ela pesa o fato de ser filha de Geraldo Riva, que se revezou na presidência da Assembleia por aproximadamente 20 anos e que deixou a vida publica desprestigiado após ser preso por corrupção. A deputada entende que o caso é superado e que construiu uma carreira política independente do pai.

O deputado Nininho, que teve a segunda maior votação em Mato Grosso e que ocupa a segunda secretaria da Casa de Leis, age mais discretamente, mas nutre o desejo de comandar a Assembleia, assim como Maluf, que foi presidente de 2015 a 2017 e que atualmente ocupa a primeira secretaria.

Os deputados reeleitos e postulantes à presidência vão aproveitar o período de transição para conhecer os novos deputados e iniciar as articulações. Botelho já disse que a Assembleia está aberta para os futuros parlamentares conhecerem a instituição e até já começarem a escolher os gabinetes.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: Marcos Lopes/arquivo)