Política

Blairo diz em Sinop que não vê saída a curto prazo para crise na agricultura

O governador Blairo Maggi chegou há poucos minutos em Sinop e foi recepcionado por cerca de 150 agricultores, que foram com tratores e máquinas agrícolas até o aeroporto. Acompanhado dos secretários, Baiano Filho (Esportes) e Joaquim Sucena (Casa Civil), o governador voltou a reiterar seu apoio aos agricultores.

Ele demonstrou pessimismo com a as tendências futuras da agricultura em Mato Grosso e disse estar preocupado com a situação. Afirmou estar pessimista quanto a uma perspectiva de melhora a curto prazo porque isso depende principalmente do câmbio.

Sobre a reunião do presidente Lula com os presidentes de federações de 17 estados, Blairo disse que não foi favorável e os agricultores estão aguardando uma resposta para ainda hoje sobre a liberação dos recursos do Fat (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Maggi defendeu a continuidade da mobilização. “Temos que ir a Brasília pressionar o Governo Federal. A situação é muito preocupante, principalmente para a região Norte, onde a agricultura e a madeira são as duas principais atividades e os dois setores se encontram com problemas”, afirmou.

O governador não descartou a possibilidade de se fazer cortes nos investimentos (obras e outras ações). Nesse momento, ele está se dirigindo ao bairro Boa Esperança onde será inaugurada a Companhia Comunitária de Polícia Militar.