Política

Blairo decide sair do PPS e prefeitos do Nortão podem acompanhá-lo

O governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, está saindo do PPS. A decisão foi tomada ontem à noite em reunião de Blairo com aliados. O motivo é que o PPS terá candidato próprio a presidente e Blairo é contra. Acha que o partido deve apoiar Lula. Ontem, Blairo declarou que apoiará a reeleição do presidente. Como sua tese não vingou, o governador deve ir para outra sigla onde poderá apoiar Lula e ter o apoio do PT a sua candidatura à reeleição.

Dois partidos estão sendo analisados inicialmente para abrigar o governador e seu grupo: PSB e PMDB. Alguns contatos já estariam em andamento, mas nada ainda foi confirmado oficialmente.

A saída de Blairo do PPS pode resultar na desfiliação de alguns prefeitos do Nortão da sigla. Marino Franz, em Lucas do Rio Verde e Dilceu Rossato, de Sorriso, são alguns exemplos. Aliados do governador, poderão segui-lo para o ‘novo partido’. O prefeito de Nova Mutum, Adriano Pivetta, que está no PPS, deve ir para o PDT, bem como seu irmão Otaviano Pivetta, secretário de Desenvolvimento Rural, que é pré-candidato a senador.