Política

Bezerra manobra e empurra para 2006 eleições no diretório estadual PMDB

O presidente do PMDB de Mato Grosso, ex-senador Carlos Bezerra, transferiu para outubro, as eleições para o diretório estadual do partido, após as eleições gerais. O presidente não foi localizado para explicar a decisão de postergar a eleição. A manobra garante Bezerra no comando do partido até as eleições de 2006.

O PMDB convidou o governador Blairo Maggi para entrar no partido e a decisão de Bezerra pode ser interpretada como uma manobra para evitar que o comando do partido fique com um “discípulo” de Blairo, se ele decidir entrar no PMDB.
Desta forma, Carlos Bezerra, que seria obstáculo para o ingresso de Maggi devido ao desgaste político, continuará no comando do partido no Estado, informa o jornal A Gazeta.

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Silval Babosa disse que Blairo ficou de avaliar com o grupo político e, em setembro, dar uma resposta. “Ele tem simpatia pelo PMDB que tem quase 100 deputados federais e 23 senadores. Aí as coisas acontecem”.