Polícia

Vizinho é acusado de matar gato com tiro em Sorriso

O felino foi morto, ontem, com um tiro, em uma residência localizada no bairro Campos Novo. A dona do gato, que preferiu não se identificar, disse ao Só Notícias, que logo viu o bicho ferido, se debateu um pouco, agonizou e morreu. Não houve tempo para encaminhá-lo à clínica veterinária.

“Era  de manhã e eu estava na cozinha. O gato estava em cima do muro quando ele atirou. Por sorte não pegou em ninguém. Meu marido disse que a bala é de 38 ou 32. Não sei o que houve, conversávamos normalmente. Não houve nada para ela atirar”, contou.

A mulher disse que mora há 40 dias no bairro e chegou procurou a delegacia de Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência pedindo providências. O suspeito deve ser intimado para prestar esclarecimentos.

O artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998 prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal.

 

Só Notícias/David Murba (foto: divulgação/arquivo)