Polícia

Técnico morreu ao defender namorado de agressões em Sorriso, diz delegado

A principal motivação do assassinato de José Rinaldo, em um estabelecimento, localizado no bairro Jardim Taiamã, em Sorriso, no começo deste mês, foi uma “cantada”, que um dos suspeitos teria levado no banheiro do clube praticada pelo namorado da vítima, segundo o delegado de Polícia Civil, José Getúlio. Dois homens foram presos, ontem, um em Lucas do Rio Verde e o outro em Sorriso onde ocorreu o crime. Eles confessaram e responderão por homicídio qualificado, tentado, já que um funcionário foi baleado durante a ação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

A versão relatada por um dos envolvidos é que estava no banheiro, quando o namorado de Rinaldo tentou pegar no seu órgão genital. Ele teria saído do local e ido de encontro há alguns amigos que estavam do lado de fora do clube. “Com o depoimento dos suspeitos, podemos confirmar que houve naquele começo de noite um desentendimento devido a uma investida que uma das testemunhas realizou contra o homem. Ele tentou pegar no órgão do acusado, deu uma cantada e o mesmo não admitiu essa conduta”, explicou o delegado José Getúlio.

Ao deixar o local, o acusado retornou e foi tirar satisfação pela “cantada” que recebeu. “Após esse início de discussão, começa as agressões e o suspeito realiza o saque da arma, dispara e dois acertam (Rinaldo que defendia o namorado) e morreu, além de um funcionário do estabelecimento”, emenda o delegado.

Após ser atingido, Rinaldo correu para se defender mas os suspeitos foram atrás, o pegaram e fizeram novos disparos. “A gente percebe que a investida que ocorreu no banheiro não foi praticada por Rinaldo e, sim, por seu namorado e o suspeito vai à mesa da vítima diante da conduta que não aceitou. O Rinaldo tentou proteger seu namorado, mas recebe os disparos”, conclui o delegado.

José Rinaldo era natural de Pernambuco e trabalhava como técnico de segurança em uma empresa em Sorriso.

Só Notícias/David Murba/Lucas Torres, de Sorriso (foto: Só Notícias/Lucas Torres)