Educação

Unemat abre seletivo com 2,5 mil vagas para 62 cursos em Sinop, Alta Floresta e mais 10

A Universidade do Estado de Mato Grosso divulgou, hoje, o edital do processo seletivo para ingresso no segundo semestre deste ano com 2.570 vagas em 62 cursos, distribuídos em Sinop, Alta Floresta, Nova Mutum, Tangará da Serra, Juara, Barra do Bugres, Cáceres, Diamantino, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Querência e Cuiabá.

As inscrições são gratuitas, começam no dia 26 e seguem até 8 de agosto. As deferidas serão publicadas no dia 9 de agosto, com a divulgação do desempenho preliminar da primeira fase no dia 12 e a divulgação do resultado preliminar da segunda fase no dia 27. O resultado será publicado no dia 1º de setembro, com matrículas de 2 a 9 de setembro.

De acordo com o edital, poderão participar deste seletivo todos os interessados que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio nas edições 2016, 2017, 2018, 2019 ou 2020, e que tenham obtido nota mínima de 200 pontos na Redação da edição apresentada pelo candidato.

No ato da inscrição, o candidato deverá marcar qual opção do curso, campus e categoria de cotas ao qual pretende concorrer, além de anexar fotografia e o boletim de desempenho no Enem.

Basta informar o número do Cadastro de Pessoa Física e a senha do candidato. O processo seletivo terá duas fases: a primeira será o desempenho no Enem, e a segunda será a análise da documentação e o procedimento de verificação.

Esta edição apresenta três turmas únicas de oferta especial em Cuiabá: uma turma de bacharelado em Engenharia de Produção Agroindustrial, uma turma de Tecnologia em Gestão Pública e uma turma de Tecnologia em Gestão de Negócios e Inovação.

O curso de Engenharia terá aulas no período noturno de segunda a sexta-feira e no período diurno aos sábados. Já os cursos de Tecnologia serão no período noturno.

Também será ofertado o curso de bacharelado em Agronomia no município de Querência. O curso é em período integral.

Além dos cursos em Cuiabá e Querência, esta edição também oferta cursos em Alta Floresta, Barra do Bugres, Cáceres, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.

Além das cotas para alunos oriundos de escolas públicas, dentro das quais estão inseridas cotas para indígenas e para estudantes pretos ou pardos, a Unemat também passou a incluir reserva de vagas para pessoas com deficiência (PCD) a partir do ano passado.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)