Polícia

Sorriso: cliente diz que foi enganada após ver proposta de financiamento em rede social

A denunciante, de 29 anos, acusou, ontem, na delegacia de Polícia Civil, uma empresa de crédito de supostamente lhe enganar. Ela alega que viu uma proposta, pelo Facebook, entrou em contato e tentou um financiamento de R$ 100 mil, dando uma entrada de R$ 3,7 mil, com a promessa que o dinheiro sairia em 30 dias. Porém, a empresa teria alterado o contrato para consórcio.

Segundo a mulher, passados os 30 dias recebeu em sua casa um boleto cobrando as parcelas do consórcio. Então, foi até a empresa para esclarecer. Ela foi informada que seu financiamento não havia sido aprovado então fizeram uma alteração para consórcio.

Por fim, a mulher relatou que nunca se tratou de um financiamento e sim de um consórcio, que o contrato não foi lido nem explicado para ela. Segundo a denunciante, os R$ 3, 7 mil não se tratavam de entrada e sim de taxa de adesão.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)