Polícia

Sorriso: análise preliminar da Politec aponta que adolescente foi levada até área de mata após ser morta

O perito criminal da Perícia Oficial e Identificação Técnica, Luciano Nogueira apontou que, preliminarmente, foi possível verificar que a adolescente, de 16 anos, foi levada até a área de mata nas proximidades da avenida Jaime Barrichello, no bairro Morada do Bosque, após ser morta em outro local. A vítima estava desaparecida desde a última sexta-feira, e o corpo foi encontrado, ontem.

“A gente fez o exame em torno do local e não encontramos nenhum indício que o ato de agressão aconteceu ali. Verificamos que a vegetação estava íntegra, não encontramos mancha de sangue a não ser exatamente na projeção do corpo, então tudo indica que o ato não foi consumado naquele local, que foi simplesmente o ponto em que o cadáver foi colocado depois de morto”.

Ainda de acordo com Nogueira, a vítima apresentava uma lesão extensa na região do pescoço e outra no peito, possivelmente provocadas por uma faca. Na análise inicial, também não foi possível constatar sinais de que a adolescente tentou se defender.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para exames mais detalhes, como por exemplo, para saber a data exata em que a vítima foi assassinada, dentre outros. Para essa estimativa, é necessário fazer uma análise entomológica dos insetos.

O velório da adolescente iniciou, ontem à noite, e o sepultamento será está manhã, em Sorriso.

Conforme Só Notícias já informou, a família apontou que ela havia saído e deixado o celular em casa. Como não foi mais vista, um irmão conseguiu desbloquear o aparelho, encontrou mensagens suspeitas e procurou a polícia para comunicar o desaparecimento.

Ontem, um homem que passava pelas proximidades teria adentrado a região de mata para urinar e encontrou o corpo da adolescente, acionando então a Polícia Militar.

 

 

Só Notícias/Luan Cordeiro e Lucas Torres, de Sorriso (fotos: Só Notícias e divulgação)