Polícia

Sinop: professora tem prejuízo de mais de R$ 7,9 mil ao ter conta bancária ‘invadida’

A mulher, 57 anos, que é moradora do bairro Setor Industrial, denunciou na delegacia de Polícia Civil que sofreu prejuízo de mais de R$ 7,9 mil ao ter a conta bancária invadida. Os criminosos fizeram duas transferências.

De acordo com a denunciante, que é professora na rede municipal, na última semana ela recebeu mensagem solicitando atualização cadastral no banco. Após consultar uma amiga, acabou realizando o suposto cadastro e informando os dados solicitados.

No dia seguinte, consultou o extrato bancário e percebeu que a conta foi acessada por outras pessoas e os valores haviam sido transferidos para duas contas diferentes.

A professora informou ainda que o dinheiro é proveniente do salário recém recebido e parte do limite especial que tem. Aos investigadores, ela entregou os dados de ambos os suspeitos que receberam os valores. O caso foi registrado como furto e será investigado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF).

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)