Polícia

Sinop: jovem recrutado por facção criminosa é preso por homicídio e suspeito de envolvimento em mais 4

O acusado, de 18 anos, foi preso, esta tarde, quando chegava a sua residência, no bairro Sebastião de Matos, por investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, que cumpriram ordem judicial. Ele deve ficar no Centro de Ressocialização, onde deve permanecer preso até completar 21 anos. Ele e um comparsa (assassinado recentemente) são acusados de matar, a tiros, no último dia 6 de outubro, por volta das 10h, Edson Pires de Souza, 35 anos.

As investigações apontam que os dois suspeitos, ambos menores à época, armaram uma emboscada para Edson, que foi até o local do crime. Nas proximidades de um motel, parou o veículo e simulou estar arrumando o motor, quando surgiram os criminosos em uma moto. O carona desceu e fez diversos disparos [no rosto de Edson], que tentou escapar, mas morreu no local. 

“Ele é investigado por envolvimento em 4 homicídios, quando era adolescente. É extramamente perigoso. Nossos investigadores apuraram ele o seu comparsa pertenciam a facções criminosas rivais de Edson [vítima] que supostamente pertenceria ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Já os criminosos eram recrutados pelo Comando Vermelho (CV) e foram contratados por R$ 5 mil, para executá-lo. No dia do crime, eles planejaram o assassinato e atraíram Edson até o local do crime”, relatou, ao Só Notícias, o delegado Carlos Eduardo Muniz (foto).

O jovem ficou internado alguns meses durante as investigações dos 4 assassinatos e por um roubo em Lucas do Rio Verde ( duas caminhonetes), acrescentou o delegado.