Polícia

Sinop: criminoso se passa por mulher no WhatsApp e tenta aplicar golpe de R$ 5 mil

A denunciante, de 47 anos, moradora do bairro Jardim Maringá, procurou à delegacia de Polícia Civil ontem, para registrar boletim de ocorrência informando que um estelionatário, criou uma conta falsa no WhatsApp, se passou por ela e tentou aplicar um golpe de R$ 5 mil em um familiar.

A mulher contou que o criminoso utilizou uma foto dela, provavelmente copiada das redes sociais e entrou em contato com à família alegando que precisaria pagar uma conta. Ela não chegou a relatar como o estelionatário teve acesso ao  número. A vítima conseguiu avisar a tentativa de fraude e ninguém chegou a fazer depósito para o estelionatário.

Em outro caso, uma dentista, de 29 anos, informou que teve seu WhatsApp clonado e sua amiga perdeu R$ 1,6 mil ao cair em golpe de estelionatário que se passou por ela.

A denunciante disse aos investigadores que recebeu uma ligação de alguém se passando por representante de um restaurante, informando que ela havia ganhado uma promoção feita pelo Instagram. Ela aceitou um código enviado pelo WhatsApp e passou seu e-mail.

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/arquivo)