Polícia

Sepultada jovem assassinada no Nortão; polícia procura suspeitos e delegado fala em ‘erro de execução’

Foi sepultada, esta tarde, no cemitério municipal de Guarantã do Norte (250 quilômetros de Sinop), Marisa Leite Pilati, 17 anos, assassinada, a tiros, nesta quarta-feira (9), em uma residência na rua 1 A, no bairro Boa Esperança. De acordo com o boletim de ocorrência, ela foi socorrida por um vizinho e levada ao hospital municipal, mas já chegou sem vida. Ainda de acordo o registro da Polícia Militar, pessoas que estavam com Marisa contaram que dois homens em uma motocicleta vermelha (marca e modelo não informados) chegaram no imóvel e um deles a chamou no portão. Como não foi atendido, efetuou os disparos e fugiu.

A versão apresentada e a motivação do crime ainda são investigadas pela Polícia Civil. No entanto, para o delegado responsável pelo caso, Waner dos Santos, a história contada pelas testemunhas pode não ser verdadeira. “Houve vários desencontros no registro da ocorrência. O fato é que eles estavam juntos e os suspeitos os atacaram”, afirmou, ao Gazeta Digital.

Para o delegado Waner dos Santos, responsável pelo caso, Marisa pode ter sido vítima de um erro de execução. “Não acredito que ela fosse o alvo deles, mas tudo será esclarecido. Temos várias linhas de investigação a qual estamos apurando”.

Redação Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)