Polícia

Preso no Nortão corretor acusado de mandar matar empresário; atirador também morreu

A Polícia Civil acaba de confirmar, ao Só Notícias, que um corretor de imóveis, de 36 anos, foi preso, esta manhã, na região da Comunidade Travessão 9, em Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop). Um investigador informou que ele estava com mandado de prisão expedido pelo juiz Evandro Juarez Rodrigues por ser suspeito de mandar matar Vanderes Alceu Soares Pires, de 43 anos, que era proprietário de um mercado, em Peixoto, em junho.

“Ele tem participação no crime. No celular do suspeito que foi morto no dia do crime tinha conversas entre eles, no qual estavam “preparando o terreno” (planejando a morte) ao menos 15 dias antes do ocorrido. Ele foi ouvido, mas não confessou o crime. O acusado trabalha com venda de fazendas e imóveis na região”, explicou o investigador.

Conforme Só Notícias já informou, o crime ocorreu no dia 24 de junho, no mercado localizado na avenida Rotary Internacional, no bairro Aeroporto, nas proximidades do terminal rodoviário de Peixoto.

Vanderes estava na calçada, em frente ao estabelecimento, quando os atiradores atravessaram a rua, se aproximam, um sacou o revólver e atirou, praticamente a queima roupa, pelas costas. Os dois atravessam a rua para pegar a moto quando um policial penal que passava pelo local, desceu do carro e atirou. Um dos atiradores acabou morrendo.

Os tiros efetuados também atingiram duas pessoas. Um pegou no braço e outro foi atingido na cabeça. As vítimas precisaram ser levadas ao hospital.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: reprodução/arquivo)