Polícia

Preso integrante de facção acusado de mandar executar homem a tiros em Sinop

O delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Bráulio Junqueira, acaba de confirmar, ao Só Notícias, que um jovem, de 23 anos, integrante de uma facção criminosa e apontado como mandante da execução de Carlos Assunção dos Santos, de 27 anos, em outubro do ano passado, teve mandado de prisão cumprido e já foi encaminhado para o presídio Ferrugem.

Segundo o delegado, a motivação da execução “seria acerto de contas, devido ao tráfico de drogas”. Outros dois menores, que executaram Carlos já foram apreendidos.

Conforme Só Notícias já informou, ele foi baleado na avenida dos Pinheiros com André Maggi, no bairro Jardim dos Ipês, chegou a ser socorrido, por enfermeiras que passavam pelo local, foi encaminhado ao Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

No boletim de ocorrência à época constava que dois indivíduos passaram em uma motocicleta (marca e modelo não confirmados), preta e dispararam. Os policiais relataram que Carlos estava caído próximo a um carro, que provavelmente, estava dirigindo.

Soldados fizeram buscas no veículo e encontraram uma espingarda (calibre não informado) semiautomática, um revólver calibre 22, nove munições, três cápsulas deflagradas 9 milímetros, além de um celular e R$ 400.

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)