Polícia

Preso em Sinop homem que tentou seqüestrar a sobrinha e pediria R$ 20 mil de resgate

A tentativa de seqüestro foi ontem à noite, em uma fazenda que fica na rodovia Sinop-Claudia. Por volta das 20:00hs, Mario Chor, 50 anos, e um homem identificado apenas por Luiz, entraram -encapuzados- na casa e renderam o filho do fazendeiro (que não quer ser identificado). Segundo a polícia, o rapaz, que ficou sob a mira de um revólver e foi amarrado, é sobrinho de Mario e o objetivo da dupla era sequestrar a esposa dele. O rapaz estava sozinho na fazenda. Ele passou o dia trabalhando, colhendo soja e, quando chegou na casa, no início da noite, foi supreendido pela dupla. Como a mulher não estava, eles resolveram deixar seu marido amarrado e fugiram no carro dele, um VW Santana preto. Pouco tempo depois, a vítima conseguiu se soltar, telefonou para a polícia que agiu rápido e começou a perseguir os dois acusados. Eles abandonaram o carro na mesma rodovia Sinop-Claudia e entraram no mato. Mario foi preso. A polícia encontrou no veículo os capuzes e uma espingarda.

O outro envolvido na tentativa de sequestro frustrada está desaparecido e estaria com um revólver calibre 38. Hoje de manhã, policiais encontraram, às margens da rodovia, duas camisas que podem ter sido usadas por ele. Mario Chor confessou, em entrevista ao repórter José Carlos Araújo, que a intenção era sequestrar a sobrinha. “Estou em situação difícil e fizemos isso para ver se eles dessem dinheiro para nós”, declarou. Mario mora em Sinop, foi garimpeiro e chegou a ficar preso, há alguns anos, por envolvimento em uma chacina de assaltantes em Matupá.

A polícia continua procurando o segundo envolvido. O policial Wilson, que trabalha no caso, disse, agora há pouco, ao Só Notícias, que Mario confessou que pediria R$ 20 mil de resgate caso o plano desse certo.