Polícia

Presidente do Serviço de Saneamento Ambiental é executada com tiros na cabeça em Mato Grosso

Terezinha Silva de Souza, de 53 anos, foi assassinada, esta manhã, na região da rua Otávio Pitaluga, no centro de Rondonópolis (217 quilômetros de Cuiabá). De acordo com informações da Polícia Miliar, os tiros foram na cabeça. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Ela é presidente do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear). A assessoria  afirmou que o crime ocorreu no momento que Terezinha fazia o trajeto de casa para o trabalho, numa Ford Ranger branca. Ela deu entrada às 7h10 na Santa Casa Rondonópolis, já sem vida.  O motorista que conduzia o veículo nada sofreu. Foi ele que socorreu Terezinha.

A versão investigada é que a caminhonete foi seguida por dois homens, numa moto (marca e modelos não informados) e um deles efetuou os disparos.

Uma câmera de segurança registrou o momento que os dois possíveis suspeitos passaram seguindo o veículo. As imagens já foram disponibilizadas aos policiais que fazem buscas para tentar prendê-los. O motivo da morte ainda é desconhecido e será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

Ela comandava a autarquia desde 2017 e foi mantida com a reeleição do prefeito Zé Carlos do Pátio, em novembro do ano passado. O Sanear é uma autarquia municipal responsável pela administração do sistema de captação, tratamento e abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto sanitário, coleta e destinação final de resíduos sólidos de Rondonópolis.

Em instantes, mais detalhes

Só Notícias/Cleber Romero (fotos: Marcos Souza/reprodução e assessoria - atualizada às 9h33)