Polícia

Prefeito de Colniza é executado a tiros

O prefeito de Colniza, Esvandir Antônio Mendes, o Vando, foi executado a tiros, no final da tarde. Ele estava em uma caminhonete Toyota SW4 preta. Foram disparados vários tiros na lateral do motorista, o prefeito acabou sendo alvejado e morreu na hora. Ele estaria dirigindo a caminhonete quando começou a ser perseguido na BR-174, perdeu o controle da direção e bateu na parede de um imóvel, na avenida 7 de Setembro (centro). O secretário de Finanças, Adnilson Ferreira, que também estava no veículo foi baleado na perna, nas costas, passou por cirurgia e continua hospitalizado. O quadro clínico dele é estável. Na caminhonete também estava a esposa e o genro do gestor, que não ficaram feridos.

A polícia iniciou a caçada aos bandidos que estariam em um carro que se aproximou e o criminoso fez os disparos. Na lateral do veículo há ao menos 7 marcas de tiros. Há poucas informações sobre o assassinato, que ocorreu em uma avenida, no centro da cidade.

A assessoria da Polícia Civil informou ao Só Notícias que a diretoria e a secretaria de Segurança Pública já foram comunicadas do crime "e estão sendo tomadas medidas para reforçar as investigações".

Há pouco, o Gabinete de Comunicação informou que "o governador Pedro Taques, o secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, o comandante geral da Polícia Militar, coronel PM Marcos Cunha e o delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Fernando Vasco, também vão ao município acompanhar as buscas e as investigações".  “O efetivo policial já estava reforçado na cidade em razão da operação final de ano e os policiais já estão fazendo as diligências. Além do efetivo da PM e da Polícia Civil, os setores de inteligência também estão nas buscas pelos criminosos”, informou o secretário.

Vando foi eleito com 5.70 votos. Era empresário, sócio de uma empresa de transportes.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal em Juína (320 quilômetros de Colniza) onde passou por necropsia. De acordo com o assessor de imprensa da prefeitura, Harlis Barbosa, o corpo será velado, esta manhã, por cerca de 1h30, no ginásio de esportes Airton Senna, que fica no centro da cidade. Depois, será trasladado para Ji-Paraná, em Rondônia.

Em instantes mais detalhes

(Atualizada às 8h29 – 16/12)