Polícia

Policial é violentamente espancado em Mato Grosso e morre

Roberto Rodrigues de Souza, 31 anos, morreu hoje de madrugada, após ser violentamente agredido por dois homens num estabelecimento, localizado na rodovia Mario Andreazza, em Várzea Grande. Ele era soldado da Polícia Militar.

As imagens das câmeras de segurança registraram o momento em que Roberto, mesmo caído, levou chutes na cabeça e no abdômen. Os agressores fugiram na sequência.

Segundo a PM, a viatura foi acionada para uma briga envolvendo homens e mulheres, mas quando chegaram, encontraram só a vítima caída e, ao seu lado, estava a esposa, de 31 anos. Ela contou que o casal estava voltando para Cuiabá quando parou no local para o marido fazer uso do banheiro. Ela ficou no carro, mas estranhou a sua demora.

Quando foi ver o que estava acontecendo, já o encontrou caído. Um funcionário da loja contou que a vítima se envolveu em uma briga com um dos suspeitos ainda no banheiro, começaram a discutir e logo entraram em luta corporal. Mas que, mesmo caído, os dois agressores continuaram desferindo chutes e pisadas no soldado.

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil. A arma do soldado ficou no carro, foi recolhida e entregue à corregedoria.

Só Notícias/Gazeta Digital