Polícia

Policiais e fiscais apreendem 97 kg pescado irregular em Mato Grosso

Uma ação conjunta entre policiais militares do Batalhão de Proteção Ambiental e fiscais da Secretaria Estadual de Meio Ambiente aprendeu um homem, de 47 anos e aprendeu 97 quilos de pescado irregular, em Tangará da Serra. A apreensão do pescado foi durante inspeção em uma das peixarias da feira do município.

Foi constatado o armazenamento irregular de 91 unidades de peixes das espécies jurupense, tucunaré, piau, pacupeva, traíra, pacu, bagre, piavuçu, jurupoca e tabatinga. Foi constatado que o pescado estava com a pesagem e medições em desacordo com a lei ambiental.

A proprietária da peixaria também foi autuada e conduzida à delegacia por comercializar espécimes provenientes da pesca proibida. Os mais de 97 quilos de peixe foram apreendidos e doados para a  instituição sem fins lucrativos resgate e liberdade’ do município.

No período da piracema, fiscais e policiais militares realizam e intensificam a conferência de estoque de peixarias e depósitos no combate à pesca e comércio irregular do pescado.  As ações de fiscalização do período do defeso do Batalhão Ambiental da PM funcionam diuturnamente em prol de inibir e combater possíveis crimes ambientais no Estado.

Só Notícias