Polícia

Polícia prende suspeito por homofobia em MT; frentista em Sinop foi chamada de “preta preguiçosa”

A Polícia Militar prendeu um homem, de 59 anos, por crime de lesão corporal e injúria mediante preconceito, em Cuiabá, no bairro Jardim Leblon, hoje de madrugada.. O suspeito havia sido homofóbico e agredido a vítima com uma garrafada na cabeça. A PM foi até o local e a vítima relatou que estava na loja de conveniência do estabelecimento com uma amiga, quando o suspeito se aproximou  e começou a desrespeitá-la proferindo palavras homofóbicas.

Diante das ofensas, a vítima relatou que em seguida o homem passou a agredi-la; desferindo vários golpes com uma garrafa long neck em sua cabeça. A vítima contou que se debateu e o suspeito a segurou pelos cabelos e braços.

A PM localizou o homem e o prendeu em flagrante. Devido a confusão, os policiais tiveram que levar o suspeito com hematomas no rosto à Policlínica no bairro Planalto após ser medicado e recebido alta médica, o suspeito foi conduzido até a Delegacia da Mulher.

Em Sinop, conforme Só Notícias já informou, uma mulher, de 42 anos, acusou, na delegacia de Polícia Civil um motorista de cometer injúria mediante preconceito. Ele teria dito que “é por isso que tenho raiva de preto, preto é tudo preguiço. Você é uma preta preguiçosa”.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)