sábado, 13/abril/2024
PUBLICIDADE

Polícia prende acusada de matar ex-companheiro em Mato Grosso

PUBLICIDADE
Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Policiais da Delegacia de Cotriguaçu, na região noroeste de Mato Grosso, cumpriram hoje o mandado de prisão de uma mulher de 40 anos investigada pelo homicídio de Lourival Guadagnini Cândido, de 42 anos, no início do mês. Ele morreu no Hospital Municipal de Cuiabá depois de quase dez dias internado, após ser transferido de uma unidade de saúde de Juína.

Segundo a polícia, a vítima foi atingida por um golpe de faca, desferido pela ex-companheira, após uma discussão entre ambos na madrugada do dia 12 de fevereiro. Mesmo ferido, Lourival conseguiu pegar uma motocicleta e buscar socorro no hospital de Cotriguaçu. Com a constatação de uma perfuração no pulmão, ele foi transferido a Juína e depois para Cuiabá, onde foi a óbito dias depois.

O inquérito foi instaurado inicialmente como homicídio tentado e com o óbito da vítima, o crime passou a ser apurado como homicídio consumado. O delegado Lucas Pereira Santos representou pela prisão da investigada, que foi presa preventivamente neste segunda-feira na casa de um familiar, em Cotriguaçu.

Após a prisão, ela foi encaminhada a exame de corpo de delito. Segundo a Polícia Civil, ela deve ser encaminhada para uma unidade prisional feminina do estado.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Dois são detidos por tentativa de homicídio durante invasão a residência no Mato Grosso

Dois adolescentes, de 15 anos, foram detidos por policiais...

Operação lei seca no Mato Grosso tem 12 presos e 61 veículos apreendidos

A Polícia Militar deteve 12 motoristas durante fiscalizações da...

Preso em MT acusado de abusar das próprias filhas e engravidar uma

Investigadores da Polícia Civil cumpriram, ontem, o mandado de...
PUBLICIDADE