Polícia

Polícia prende 3 e esclarece tentativa de homicídio a juiz em Sinop

Bebedeira e valentia resultaram na tentativa de homicídio ao juiz Cesar Bassan, da 5ª vara criminal de Cuiabá, na madrugada desta terça-feira em Sinop. A constatação é da Polícia Civil, que está concluindo as investigações. A delegada regional, Fatima Moggi, concedeu entrevista coletiva, esta tarde, afirmando que o gerente de um restaurante em Sinop Sergio Muller, confessou ter atirado no juiz. Ele estava com o cobrador Cleiton Lopes e com Fabio Tavares Toledo, que trabalhava em um lavador de carros e já teve passagem pela polícia em Alta Floresta. Há uma terceira pessoa- um garçom- que esteve com os três e é apontado pela polícia como testemunha. “Eles estavam embriagados e trafegaram, na contra-mão, pela avenida Julio Campos ( a principal da cidade), com o Sergio dirigindo. O Fábio estava ao lado. O Claiton e outra testemunha estavan na carroceria. Em um posto ao lado da praça eles pararam e compraram cerveja. Lá, o Sérgio brincou com uma arma e com munições enquanto bebia. Depois eles saíram, pararam na esquina da lanchonete onde estava o juiz. Quando o juiz Cesar Bassan saiu com a caminhonente, eles foram para a faixa de pedestre. O juiz parou, eles bateram no vidro da veículo. O juiz continuou andando, deu uma volta na praça (rotatória da avenida) e eles voltaram a pisar na faixa. O juiz novamente parou e novamente deu outra volta na praça. Nesta terceira volta eles decidiram ir atrás quando ocorreu o acidente e, em seguida, os disparos”, relatou a delegada. Na perseguição, as duas caminhonetes acabaram se enroscando, subindo a calçada e batendo na parede de uma panificadora. Em seguida aconteceram os disparos. O juiz nem chegou a sair da caminhonete. Foram dados 5 tiros e um acertou a coluna de Cesar Bassan, que perdeu o movimento das pernas.

Clique aqui e veja fotos do caso feitas por Só Notícias

A arma do crime ainda não foi localizada porque Sergio confessou, há poucos instantes, que foi o autor dos disparos. “As testemunhas ouvidas até agora confirmam que ele atirou. O Fábio e o Sérgio desceram da caminhonete depois do acidente. O Sergio atirou e o Fabio passou a dirigir a caminhonete e fugiram. Sergio ficou em Sinop e o Fábio e Cleiton fugiram para Cuiabá”, acrescentou a delegada (foto)

Fabio Toledo e Claiton Lopes foram presos esta tarde, próximo ao Trevo do Lagarto, em Cuiabá, onde estão sendo autuados em flagrante. Estavam em uma caminhonete L-200, que seria de Fabio. Serão recambiados para Sinop onde serão ouvidos para a conclusão do inquérito.
“Eles estavam bêbados. Qualquer um de nós poderia ter sido vítima destas pessoas. É a pura maldade. Nunca imaginaram que seria um juiz”, disse a delegada. Hoje quando Sérgio Muller quando soube que era um juiz ficou apavorado e através de seu irmão que conhece um delegado em Sinop intermediou sua apresentação.

Sergio será recambiado para o presídio de Sinop, para onde devem ser levados Fabio e Cleiton. Eles responderão processo por tentativa de homicídio e podem ser condenados de 6 a 12 anos de reclusão

Paraplégico
O juiz Cesar Bassan foi socorrido no PA de Sinop e transferido, de helicóptero da PM, para Cuiabá. A bala atingiu a coluna e fragmentos ficaram no canal. O juiz foi submetido a uma cirurgia hoje, na capital e há poucas chances que possa voltar a andar. Bassan estava em férias em Sinop, onde é proprietário de uma fazenda. Estava lanchando e iria para o hotel quando houve o acidente e os disparos.

Leia também
Gerente confessa que atirou em juiz em Sinop
Suspeitos estão depondo sobre disparos dados contra juiz em Sinop
Ex-presidiário em Alta Floresta teria atirado em juiz em Sinop
Presos 3 suspeitos de envolvimento em disparos feitos contra juiz em Sinop
Encontrada caminhonete onde estariam homens que atiraram em juiz em Sinop
Juiz não se lembra do atentado sofrido hoje em Sinop
Duas equipes investigam atentado a juiz em Sinop
Juiz baleado em Sinop será removido daqui a pouco para Cuiabá
Juiz de Cuiabá é baleado em Sinop