Polícia

Polícia pega quadrilha que roubou carreta de Lucas R. Verde e liberta reféns

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de veículos prenderam quatro pessoas acusadas de roubar uma carreta tremião (Mercedes 1935, nove eixos) e manter em cativero os dois ocupantes do veículo. As investigações começaram na terça-feira após uma denúncia anônima recebida pelo Departamento de Inteligência da Polícia Judiciária Civil.

De acordo com a delegada titular da DERFVA, Vera Rotilde Alves, a carreta foi localizada em uma recuperadora de pneus, em Várzea Grande. Os policiais fizeram campana em frente à empresa. “Fomos avisados que o motorista que buscou a carreta não era o mesmo que havia levado e seguimos até chegar a Jocimar José de Almeida, que confessou que o tremião era roubado e que duas pessoas estavam em cativeiro mas ele não sabia onde era”, disse a delegada.

Jocimar dirigia um veículo Gol e dava cobertura para o motorista da carreta, Jean Jarbas Pereira Santos. A carreta era de Lucas do Rio Verde. Jean disse que o veículo seria levado para um posto em Nobres.

Em seguida, a equipe de oito patrulheiros da PRF, dez policiais civis e a delegada Vera, seguiu para o município. “Como ninguém apareceu voltamos e quando o Jocimar viu que a carreta tinha sido apreendida e o motorista preso, admitiu que sabia onde era o cativeiro. Solicitamos o apoio do GOE e seguimos para o local”.O cativeiro ficava seis km da BR 163, em frente à Fazenda São João.

No local foram encontrados Carlos André Esquiapati e Adair Pivello, as vítimas do assalto. Benedito Vieira Evangelista fazia a guarda do local e estava armado com um revólver calibre 32. Benedito já havia sido preso pela DERFVA em fevereiro de 2004, também por roubo de carreta. Também foi preso Mauro Gonçalves Pina que dava apoio para o motorista da carreta e também tem passagem por roubo de carreta..

As vítimas ficaram em cativeiro por mais de trinta horas, foram libertadas na quinta-feira às 7h30. Os presos foram autuados em flagrante e vão responder por formação de quadrila e roubo qualificado (artigo 157, paragráfo segundo, que trata também da restrição à liberdade).

De acordo com a delegada, o veículo seria levado para Bolívia, no Distrito da Tabuleta. “Já identificamos outors quatro mebros da quadrilha e continuamos as investigações”, infomou Vera Rotilde.