Polícia

Polícia investiga possível quadrilha especializada em furtos de cobre em Lucas do Rio Verde

O chefe de investigações da Polícia Civil, João Cleberson disse, hoje, que a equipe está apurando possível quadrilha especializada no furto de cobres, e que vem atuando em Lucas do Rio Verde nos últimos meses. Somente de uma obra de prefeitura, de iluminação na MT-449, os criminosos levaram mais de mil metros de fios, que ficavam no subsolo.

“Infelizmente vem acontecendo diversos crimes do produto, que tem um valor bem alto para venda do quilo no mercado negro. Semana passada, inclusive, teve uma apreensão de vários metros, alguns descascados somente com o cobre e não temos ainda quem é a vítima, de onde foi furtado esses fios. Um suspeito chegou a ser preso, mas por falta de denúncia acabou sendo liberado”, explicou.

“Além desses, ainda temos alguns que foram levados de uma obra da MT-449, que também estamos investigando e ainda não recuperamos. Foram em duas ocasiões diferentes que furtaram. Também tivemos uma ocorrência no SAAE, que está sendo investigada”, acrescentou.

Ainda de acordo com João Cleberson a equipe acredita “que seja uma quadrilha especializada nesse crime que está agindo, porque em alguns locais levaram mais de mil metros de fios. É um material pesado e tem que ser transportado em um veículo. Uma pessoa sozinha não é capaz nem mesmo de tirar isso de tubulação, já que fica no subsolo”, apontou.

O investigador ainda detalhou que a polícia já tem informações sobre possíveis receptadores. “Como há uma investigação em andamento não vamos revelar, mas já temos suspeitos e esperamos que descobrindo os furtadores, consigamos também responsabilizar quem recepta”, completou.

Só Notícias/Luan Cordeiro e Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde (foto: Só Notícias/arquivo)