Polícia

Delegado investiga participação de facção de São Paulo na execução de 3 no Médio Norte; carro incendiado

O delegado da Polícia Civil de Diamantino (203 quilômetros ao Médio Norte de Cuiabá), Gilson Silveira detalhou, em entrevista, ao Só Notícias, que está sendo investigada a possibilidade de envolvimento de uma facção criminosa do Estado de São Paulo na execução de três homens, de 24 anos e 28 anos, na semana passada, numa área da plantação, na região do distrito Boia Fria, no município.

“As vítimas eram de São Paulo e estava trabalhando na construção de uma granja. O que nos chamou atenção é que um deles estava com uma tatuagem de uma facção do estado paulista. Muito provavelmente, pelo tempo que estavam aqui (em Diamantino) passaram a ser conhecidos por membros de outras facções. Pela forma executados não teve engano. O perito constatou que ficaram de joelhos e foram torturados”, disse Silveira.

O delegado adiantou que estão sendo analisadas imagens de câmaras de segurança para tentar identificar possíveis envolvidos. “Um dos mortos no crime tinha uma tatuagem de um peixe no braço, que recebeu dois tiros nos olhos. Esse é o tipo de crime que tem assinatura de facção”.

Os jovens foram encontrados executados com diversos tiros. Um VW Gol foi encontrado a cerca de 20 metros dos corpos totalmente destruído pelo fogo.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)