Polícia

Polícia cumpre mandados e apreende celulares furtados do governo do Estado; servidor é demitido

Os investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá cumpriram  mandados de busca e apreensão domiciliar, com objetivo de apreender aparelhos celulares funcionais furtados da Casa Civil do governo do Estado, esta manhã. Segundo o delegado, André Luís Prado Monteiro da Silva, 11 pessoas foram alvos da ação. No total, dezessete pessoas foram conduzidas e nove aparelhos celulares foram recuperados.

De acordo com informações da assessoria, os aparelhos foram furtados, em abril, ocasião em que foram subtraídos 18 celulares  que ficavam em um armário da repartição pública, todos novos e nas devidas caixas.

Conforme investigação, os policiais descobriram que o crime foi praticado por servidor, de 33 anos, o qual tinha a função de serviços gerais. O suspeito era comissionado desde o ano de 2004, e confessou o crime. Os aparelhos foram vendidos por ele para diferentes pessoas.

No decorrer das diligências, foram identificados dois receptadores, sendo um deles proprietário de uma loja de conserto, compra e venda de aparelhos celulares, em Várzea Grande.

O servidor será indiciado pela prática de peculato, podendo ser condenado de 2 a 12 anos de prisão.

Outro lado
O governo do Estado confirmou que desligará o servidor que confessou furto dos  celulares. Além disso, informou que a investigação continua sob a responsabilidade da Polícia Civil.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)