Polícia

Polícia apreende veículos, dinheiro e documentos com membros de facção em Várzea Grande

Dois homens foram presos no bairro Ouro Verde, durante o cumprimento de mandados da operação Red Money, deflagrada contra membros de uma fação. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o alvo das investigações era esposa de um deles, contra eles não tinham mandados, mas foram encontrados em uma casa com veículos, sendo um adulterado, e documentos que os ligam ao grupo criminoso.

Ao todo foram apreendidos 6 veículos, um caminhão Fordcargo com carroceria de madeira, contendo, em sua carroceria, outro motor de veículo não identificado, VW Gol vermelho, com adulterações constatadas por dois peritos criminais da Politec, VW Voyage prata, Honda CRV preta, Honda CG verde, Honda CRF vermelha. Foi encontrado ainda uma bicicleta da marca Absolut, cor preta e detalhes laranja, entre outros produtos sem nota fiscal.

Ainda durante as buscas, os policiais localizaram maços de cédula de R$ 100, totalizando R$ 10 mil, supostamente proveniente da lavagem de dinheiro, além de outras quantias menores, vários cheques e comprovantes de transações bancárias com valores expressivos, como um saque no valor de R$ 10 mil, realizado na terça-feira, dia anterior a operação.

Foram apreendidas joias e relógios, encontrados em uma caixa de madeira. Os policiais também apreenderam notebooks e documentos relativos a negociações de imóveis e veículos, sendo alguns de grande porte, como tratores e caminhões e carretas.

Os veículos foram encaminhados ao pátio do Fórum de Cuiabá, por estarem vinculados ao inquérito policial da operação.

Ambos os suspeitos foram autuados por receptação e uso de documentos publico falsos. No momento da prisão, um deles estava sob monitoramento de tornozeleira eletrônica por crime cometido em 2016, quando foi acusado por roubos, adulteração e receptação de veículos e maquinário, e ainda tráfico de drogas e crimes contra vida.

Os homens foram encaminhados a Penitenciária Central do Estado, e aguardarão a audiência de custódia, no Fórum de Várzea Grande. A mulher, foi encaminhada a cadeia feminina Ana Maria do Couto May, em cumprimento do mandado judicial de prisão preventiva.

Redação Só Notícias