Polícia

Polícia aguarda laudo de exames sobre suposto caso de abuso sexual em Sinop

A Polícia Civil de Sinop está aguardando o resultado dos exames realizados nas duas menores, vítimas de abuso sexual. Conforme o delegado Anderson Veiga, o pastor Pedro Campos Rosa, 34 anos, “está sendo indiciado por atentado violento ao pudor”. “Foram feitos os exames, resta chegar o laudo para saber qual o resultado, para classificar em atentado ou estupro”, disse.

“As vítimas afirmam que foram molestadas, mas o acusado nega”, disse o delegado. Ele também explica que se for comprovado o crime o poder judiciário poderá decretar a prisão preventiva de Pedro. “A prisão só existe em flagrante ou em virtude em ordem do juiz”, explica. O inquérito deve terminar em 30 dias.

A denúncia de que Pedro estava abusando das menores foi feita pelo Conselho Tutelar e pelo pai da garota de 06 anos (sobrinha do pastor).