Polícia

Moradora de Sinop transfere R$ 2 mil para estelionatário que se passou por filho

A mulher, de 49 anos, moradora da rua Padre Antônio Haidler, localizada no bairro Jardim Vitória Régia, procurou a delegacia de Polícia Civil, ontem, denunciando que caiu num golpe após um estelionatário se passar por seu filho em troca de mensagens pela rede social.

Conforme o boletim de ocorrência, o acusado fez contato pelo aplicativo WhatsApp, alegando ser seu filho. Em seguida, teria pedido R$ 2,2 mil, passando os dados de uma conta bancária à vítima.

Ela relata não ter identificado o crime no início, já que faz transferências em dinheiro para filho frequentemente. A mulher só desconfiou quando o suspeito voltou a pedir outra quantia passando novos dados bancários para o depósito.

Ela foi até o quarto do filho que estava dormindo e relatou não ter pedido valor algum, expondo o golpe. Agora, a Polícia Civil irá investigar o caso.

Conforme Só Notícias já informou, outra vítima, de 33 anos, moradora da avenida Júlio Campos, no centro de Sinop, procurou a delegacia de Polícia Civil, no último sábado, informando que foi alvo de um golpe ao alterar os dados de sua conta bancária em uma agência. Consta no documento policial que foram furtados R$ 17,1 mil.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)